Criança

No brilho do olhar de criança Vejo na luz de bela esperança A cor do mais puro azul Da luz do sol, até o sul

Da mais linda face infantil A mais linda face do Brasil Um brilho tão puro de amor No abraço de mãe, um calor

Um pequeno ser tão puro Não teme o triste escuro Pois a luz de sua alma É a mais alegre calma

Um olhar de descobrimento De tão alegre pensamento Ao tão belo mundo ver Com a grande pureza deste ser

A mais linda vida nova Com o amor que se renova Na mais pura criação divina É esta criança pequenina

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Foram dias sem poemas para mim Sem pensar em versos e assim Foram dias a correr no tempo Sem pensar em coisas um momento E foram dias bons e serenos dias E não houve tristeza ou alegrias E assim foram

Hoje ponderei sobre o meu ser Minha delicadeza excessiva Minha saudade expressiva Quanta tristeza a saber E hoje eu pesei tantas palavras Dolorosas e vazias Incertezas tão perenes Na frieza destas sir